quinta-feira, 16 de julho de 2009

Na labuta.

Quando se trabalha infeliz, só o quinto dia é útil.

20 comentários:

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

E aee THiago, está na labuta?
Espero que logo chega o quinto dia pra poder ficar feliz gastando o dinheirinho, rsss

Tudo de bom pra ti! Não esqueça de fazer aqueles contos que só vc sabe fazer!
Ab

Marco Damaceno disse...

Falou e disse! Gostei do blog. Parabéns!

Marco Damaceno
Geralidades da Vida
Inopode

Ferrockxia disse...

trabalhar me mata eu fui enfermeira que nojo nunca mais volto pra essa carreira

Airton disse...

opa certeza...vlw pela passada no blog o post de hj eh sobre o maior boemio do cinema

http://publicandobr.blogspot.com/2009/07/famosa-imagem-de-humphrey-bogart.html

Bala Salgada disse...

Depende do trabalho desejamos estar é no inferno, se não o tivermos encontrado.

Tamara Queiroz disse...

Chegou o dia útil, criativo e alegre!

andréa disse...

Hoje é quinto dia útil! \o/
Aproveite! rs

Silvio Koerich disse...

Eu trabalho com cara de cu mesmo.

rs

Thiago da Hora Souza disse...

Sei exatamente como é isso...

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Bom final de semana!

caricaturas urbanodes disse...

E salve o final de semana!!!
Vlw pela passagem no blog
bjs

Atreyu disse...

Ainda bem que nunca fiz isso hihihheheheheº

exoticlic.com disse...

ahhahahaha sem post novo =/

quando fizer algum aqui manda lá pra gente no
www.linkirado.com.br

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Tenha um bom dia Thiago!
É muito tenso aquelas cenas mesmo!

Lex disse...

Hehehe, e num é que é verdade? Obrigado pela visita. O Mundo Adulto tá de férias... essa vida adulta é muito atribulada, rsrs

disse...

Interessante essa sua frase.
Realmente, trabalhar infeliz não é algo bom e nem producente.

O que você faz?

disse...

Gostei da sua frase. Muito interessante e concordo que trabalhar infeliz não é bom e nem producente.

O que você faz? (rolou uma curiosidade)

Erika Sodré disse...

*verdade verdadeira...rs...

Bruno Vasco disse...

Um amigo meu disse outro dia: 'O trabalho está roubando minha juventude!'
Eu perguntei: Que juventude?

Acho que trabalhar é perceber que ficamos velhos.
E ficar velho deve ter alguma coisa relacionada a descobrir que não se é feliz o tempo todo. Ou a maior marte do tempo!

Perseverança, meu caro! Acho que deve ser a única qualidade dos imortais. Ou dos sobreviventes.

Greta disse...

o primeiro e o sétimo.
uteis...muito uteis.