quarta-feira, 30 de julho de 2008

Pré-texto.

Qualquer nota, não vale nada. Pode ser tudo.

Descaso.

Depreendido do ego.

Absurdo.

O pecado não é original. Lá fora chove.

Oculto.

Meias verdades espalhadas no quintal.

Insultos.

2 comentários:

vicente cortello disse...

"e se a gente nota que uma só nota, já nos esgota, o show perde a razão... mas iremos achar o tom, um acorde com lindo som e fazer com que fique bom, outra vez o nosso cantar
e a gente vai ser feliz, olha nós outra vez no ar, o show tem que continuar..."

º°Manaxica°º disse...

Que saudade da sua casinha.

Vim logo pois sei que nao posso perder um capitulo do seu livro.

__
"Lá fora chove" tem um significado tão extenso, você pode ter pensando algo diferente de mim, mas as palavras devem caber em qualquer coração, não é?
Quando chove nos escondemos, procuramos abrigo, mas no discurso I have a dream Martin L.K. Jr. diz: "eu prefiro caminhar na chuva a, em dias tristes, me esconder em casa[...]"
E deve ser corajoso caminhar em meio as discórdias da vida...

Ixi, me empolguei no trê-lê-lê

Beijo, beijo, beijo, beijo...