sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Refletido.

"Quando lhe vi pela primeira vez, meu desejo e atenção fora aguçado de forma inesperada. Repentina. Certeira. Arrebatadora. Subitamente, senti vontade de agarrar-lhe. Mas, idiota eu em sonhar com a possibilidade de possuir alguém tão sublime. Olhos, boca, pele, pêlos, seus gestos, meus desejos. Fascinante és tu", disse Narciso, ao espelho.

18 comentários:

disse...

Supreendente. Em tão poucas palavras você oferece ao leitor a possibilidade de pensar que esse eu-lírico tem um amor não correspondido, ultraromântico e no entanto, tudo é quebrado com a lenda de Narciso.

Realmente interessante.

Thiago da Hora Souza disse...

Algumas poucas vezes em minha recente vida senti algo tão belo como o momento descrito no texto. Gostaria de sentir mais vezes...

Tatiane Garcia disse...

Rss..Fantástico...amor próprio é importante e necessário!

Tatiane Garcia disse...

Rs...Fantástico...amor próprio é importante e necessário!

Betella disse...

Nossa!
Perfeita a escolha do nome do personagem.
Muito bom! Parabéns Thiago
Beijo

Betella disse...

Foi perfeita a escolha do nome do personagem.
Muito bem pensado.
Muito bom texto.
Parabéns Thiago.
Beijo

Bala Salgada disse...

Ixi, acho que é paixão então. Amor deve ser mais calmo, rs...

Acho que ele é (respondendo), hehehe.

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Narciso se apaixonou por ele mesmo, foi amor a primeira vista.

Ainda bem que Narciso não teve irmão gêmeo senão cometeria incesto! Todavia acabou morrendo vendo o reflexo no rio!

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

O q aconteceu que tava um pouco sumido?, fazia tempo que não postava.

Ótima semana

Silvio Koerich disse...

Eu sou Silvio Koerich e me odeio apaixonadamente

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Muita inspiração, muito fôlego, muitos insights, muito espírito de poeta!

É o que te desejo!
Continue em frente!

Tamara Queiroz disse...

Assim repetiremos ao olharmos para o fundo do lago, sem turbulência, e encontrarmos o tesouro que somos.

Narciso era belo em sabedoria.


.
.
Muitíssimo agradecida, Thiago, pela felicitação!

B-jo, b-jões

Regiane disse...

Apesar de se pensar primeiro que se trata de um amor e ser surpreendido pelo narcisismo humano.Essa é a real, nos amamos, quando escolhemos alguém para ficar ao nosso lado, essa pessoa é o nosso reflexo, aquilo que criamos como perfeito.


Bjos minha vida Thi Amo

vicente cortello disse...

você não sabe brincar.

Ballynha disse...

Estou postando um selo aqui se quiser participar:

http://www.balasalgada.net/2009/09/caso-bizarrissimo-de-cidade-cheia-de.html

Smack!

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Oii THiago , desejo ótima criatividade, que possa ter ótimo fim de semana!

Obrigado por voltar sempre lá.
Amigos agente não faz só em presença, também se faz nas idéias!

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Ótima quarta! Abraço

Caricaturas Urbanoides disse...

Falou e disse, Thiago..

Essa questão das propagandas é um assunto polemico e teem um limiar muito tenue.. mas ainda fico ao lado do bom senso..
bjão