quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Luz. Câmera. Ação.

Um dia útil se fez inútil. Plena semana, em qualquer bar da rua augusta, uma junkiebox tocava Morrissey, R.E.M, AbbA, The Doors, Tim Maia e Nelson Gonçalves. Um filme do Kubrick passara na T.V. dando ritmo ao ambiente. Desbunde. Pessoas indo aos seus trabalhos e nós lá, bebendo e falando sobre tudo e todos. Homens também fofocam.

Ocasiões que nos fazem ver como é importante ter amigos de verdade e mais ainda, como é importante a cerveja estar sempre gelada. O papo fica quente quando a cerveja gela a garganta. As risadas pegam fogo no ar e o calor da amizade aumenta.

Tudo está em seu devido lugar, menos nós. Ou lá seria nosso verdadeiro lugar? A moldara desta pintura é velha, as histórias se renovam e a bebida não esquenta. É inútil prever o que virá depois. Não espere o óbvio. Na bíblia que escrevi, há um versículo que diz: "Nenhuma loucura há de ser em vão". Por uma vida mais non-sense, este é o meu lema. Por que não?

Definitivamente, a noite não foi feita pra dormir e parafraseando Chico, lhe dou um ótimo conselho: É inútil dormir achando que a dor passará. Espere sentado ou você se cansará e está mais que comprovado, quem espera nunca alcançará. Por isso, vá!

Vocês precisam conhecer meus amigos. Estou certo que vocês precisam. Como em um filme antigo, me queimo brincando com fogo. Sei que vim de longe, não me importo. Pois, além de conhecer meu lugar de origem tenho a oportunidade de conhecer o seu universo. Bebo a felicidade e sobre a sinceridade me esqueço do amanhã. Um brinde!

3 comentários:

Designer Vigiado disse...

olá, amigo... obrigado por comentar no Designer Vigiado. Te convido a deixar o seu link lá para o pessoal te conhecer melhor... leia como na coluna da direita. Abraços.
http://cidadevigiada.blogspot.com/

Frank Morgan disse...

Olá.
vim te convidar para participar da promoção do blog Polvo Loko.
Para acessar á página da promoção que ajudará seu blog a crescer ainda mais
entre:
http://polvoloko.blogspot.com

Conto com sua presença!
Abraços,
Frank Morgan.

Meliane Moraes disse...

Como é bom sentar-se a calçada ou a mesa de boteco e ver a vida passar. Me divertia na época da faculdade indo ao cinema a tarde no espaço unibanco da rua augusta, eu, as aposentadas e os pseudo-vagabundos do qual eu fazia parte, rs. Adorei os textos e seja sempre bem vindo ao http://melianteaspalavras.blogspot.com

Abraxxxxxxxxxx